Dead Eyes começa de forma bem pesada com forte pegada na bateria. Amadurecemos muito desde , tanto musicalmente quanto pessoalmente, e nosso som hoje é completamente diferente. Leia a entrevista completa no leia mais. Os temas líricos variam de problemas ambientais e crueldade com animais até temas políticos e guerras. Isso é cultural deles. Em Fight Back temos Guilherme mostrando seu potencial no scream vocal em contraste ao vocal mais suave de Helena. Ela marca um ponto importante na vida da banda, pois ela contém as nossas primeiras composições.

Nome: cd ecliptyka a tale of decadence
Formato: ZIP-Arquivar
Sistemas operacionais: Windows, Mac, Android, iOS
Licença: Apenas para uso pessoal
Tamanho do arquivo: 47.99 MBytes

É difícil rotular o som da banda, pois nota se influências dos mais variados gêneros do heavy metal, indo metal melódico ao death metal. A vocalista Helena Martins se sobressai nesta faixa com ótimas linhas vocais. Eu é que agradeço muuuuuuuito pela entrevista! E para começar, pelo o que escutei do som da banda notei claras influências do metal dito melódico, um pouco de rock progressivo e heavy metal tradicional bem pesado, mas quem melhor pra definir o som do Ecliptyka do que a vocalista? O que o Brasil precisa é na verdade parar de botar defeito em tudo que vê e ouve!

Bandas Nacionais: Ecliptyka

Sin, Tuatha de Danann, Mindflow, entre outras importantes bandas nacionais. Hate é outra com quebradeira na bateria logo de cara. A demo foi um aprendizado importantíssimo pelo qual passamos.

cd ecliptyka a tale of decadence

A vocalista Helena Martins se sobressai nesta faixa com ótimas linhas vocais. A oportunidade que estamos tendo de abrir o show dela é simplesmente incrível. Echoes from War é uma faixa instrumental, uma espécie de vinheta para a faixa seguinte. Mas, é como eu disse em uma das comunidades dela no Orkut: Ainda relacionado a pergunta anterior, como toda banda o Ecliptyka começou de forma independente e foi se destacando aos poucos a ponto de chegar a fazer essa turnê dexadence Europa.

Mensagens Relacionadas  BRASFOOT 2008 REGISTRO BAIXAR

Postado por Manfio às Temos aqui mais uma banda para os amantes de vocais femininos no Heavy Metal, mas nada que soe como ecliptyyka de bandas como Nightwish e Epica. O trabalho nas guitarras é mais uma vez o destaque nesta faixa.

A Tale Of Decadence – Ecliptyka – Álbum – Som13

Mas o pessoal fala disso como se na Europa, por exemplo, fosse muito simples você formar uma banda e fazer sucesso. É difícil rotular o som da banda, pois nota se influências dos mais variados gêneros do heavy metal, indo metal melódico ao death metal. Aprendemos muito e vimos que é realmente isso que queremos fazer pro resto de nossas vidas!

Hale de lançamento de CD é sempre um ecliptya cheio.

Navegação de Post

O pessoal vai curtir o som e ponto. A Tarja entra logo em seguida da gente, sem atrasos, juro! A turnê foi maravilhosa!

cd ecliptyka a tale of decadence

O que o Brasil precisa é na verdade parar de botar defeito em tudo que vê e ouve! Em julho de realizaram shows na Europa por cidades da Alemanha e da Bélgica. Isso é cultural deles.

ecliptyka a tale of decadence cd

Seria a mesma coisa que se, ao invés de uma banda de metal, tivéssemos uma banda de axé ou sertanejo por aqui. Ela marca um ponto importante na vida da banda, pois ela contém as nossas primeiras composições. Unnatural Evolution volta com o peso de outrora. Amadurecemos muito desdetanto musicalmente quanto pessoalmente, tae nosso som hoje é completamente diferente. Why Should They Pay segue numa linha parecida com a anterior, interessante trabalho na bateria e destaque para os vocalistas.

Mensagens Relacionadas  PROGRAMA ANALOGX VOCAL REMOVER BAIXAR

Destaque para os riffs certeiros e o bom solo, a faixa ainda conta com um bom trabalho na bateria. Os temas líricos variam de problemas ambientais e crueldade celiptyka animais até temas políticos e guerras. O Nightwish foi a primeira banda de metal com vocal feminino que eu ouvi e posso dizer que a Tarja é uma influência muito forte pra mim.

E para começar, pelo o que escutei do som da banda dc claras influências do metal dito melódico, um pouco de rock progressivo e heavy metal tradicional bem pesado, mas quem melhor pra definir o som do Ecliptyka do que a vocalista? Em Fight Back temos Guilherme mostrando seu potencial no scream vocal em contraste ao vocal mais suave de Helena.

Dead Eyes começa de forma bem pesada com forte pegada na bateria. Ecliiptyka a entrevista completa no leia mais. Eu é que agradeço muuuuuuuito pela entrevista!